VISÃO RABÍNICA DE SALMOS 2


No Talmude Babilônico, Sukkah 52a Os nossos Rabinos nos ensinaram, Santíssimo e abençoado seja Ele, Ele dirá ao Messias, o filho de David (Ele pode se revelar rapidamente durante os nossos dias!):

‘7 Proclamarei o decreto: o SENHOR me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei. Pede-me, e eu te darei os gentios por herança, e os fins da terra por tua possessão. [Salmos 2:7-8]. – edição de Talmude de Soncino. (Talmude Babilônico, Sukkah 52a).

Gêneses Rabbah 44:8 O rabino Jonatan disse: Três pessoas foram feitas algumas ‘perguntas‘, e disse ao .: Rei Salomão, Acaz e ao Rei Messias.

Salomão: Pede o que queres que eu te dê (1 Reis 3, 5). Acaz: Pede para ti ao SENHOR teu D’us um sinal; (Isa. 7, 11). Ao Rei Messias: Pede-me, e eu te darei os gentios por herança, e os fins da terra por tua possessão. (Salmos. 2, 8). – Midrash de Soncino Rabbah (volume 1, páginas 365-366).

Rabino Shlomo IstzchakRashi (século 11 D. C.) Os nossos mestres interpretaram o sujeito deste Salmo com referência ao Rei Mashiach, – Citado em A. Lukyn Williams, um Manual de Evidências cristãs Judaicas (Londres: Sociedade para Promover Conhecimento cristão, 1919), volume 2, páginas 122-123.

Midrash de Salmos (século 11) neste dia disse, eu hoje te gerei.[Salmo 2:7]. Rabino. Huna disse:

O sofrimento do nosso povo é dividido em três porções: um, os Patriarcas e todas as gerações de homens que o tomaram; um, a geração que viveu no tempo da perseguição que recebeu [de Hadriano]; e um, a geração do Messias do Senhor que tomará. Quando o tempo vier, Santo e abençoado seja Ele, dirá: devo gerar o Messias – uma nova criação.” Como as Sagradas Escrituras diz, eu hoje te gerei.– isto é, no mesmo dia.

Maimonides (século 11 D.C.), na introdução para o Sinédrio, capítulo 10 os profetas e os santos desejarão nos dias do Mashiach, e grande foi o seu desejo em direção a Ele, já que Ele haverá de juntar a honra e a administração do bem, da sabedoria, da retidão real, com a abundância da sua perpendicularidade e a extensão da sua sabedoria, e a sua aproximação com D-us, como é dito: Proclamarei o decreto: o SENHOR me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei.

David Kimchi (século 13 D.C.), comentando o verso 12 há aqueles que interpretam este salmo de Gog e Magog, mais “ungir” é para o Mashiach o Rei; e assim fez os nossos rabinos de memória abençoada e assim interpretam-no (b. Berachot 7b).

O próprio rabino Kimchi interpretou o salmo como enviado ao Rei David, mas o seu comentário mostra que a interpretação tradicional foi messiânica.

Yalkut (século 13 D.C..), Seção 621, semelhante ao Midrash em Salmos citados o verso 7 de Salmos 2: Rabino Huna disse em nome de rabino Idi, em três partes foram as punições divididas: uma para o Mashiach o Rei, e quando A sua hora sagrada, abençoado seja Ele, devo fazer uma nova aliança com Ele, e portanto Ele diz, eu hoje te gerei. No verso 9: “Tu os esmigalharás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro.”; este é Mashiach Ben José.

Objeção 1: o Salmo 2:12 “Beija o Filho” é traduzido incorretamente para justificar a doutrina cristã que Jesus é “o Filho do D’us“!

Resposta a Objeção 1: Lendo os comentários Rabínicos, podemos ver, o 2o Salmo é claramente entendido como messiânico, tanto por que os cristãos como os antigos rabinos interpretavam assim Junto com a natureza messiânica do 2o Salmo, também chama o Mashiach de “Filho” “BEN” tanto no hebraico como na língua Aramaica para “BAR”, veja:

(*) É Utilizado no Salmo 2:7 da palavra hebraica ‘Ben’ (hebraico) para ‘Filho’ (Tu és meu FILHO) mas para dar o alerta a Israel e para dar um alerta para as nações e é utilizado o Aramaico Bar‘ para ‘Filho no Salmo 2:12 (BEIJA O FILHO)…

Bar‘ Mitzvah – ‘Filho‘ da lei.

O sujeito deste Salmo é o SENHOR e O seu ungido (O seu Mashiach) no verso 2, e como as nações (Goyn) estará em conflito com Eles. As nações, não querem se submeter à lei do Mashiach, resistem a lei do SENHOR, então D_us dá risos do céu sobre as nações que O rejeitam e A sua lei. O SENHOR então declara que Ele ainda estabelecerá O seu Rei em cima do Monte Sião (Jerusalém), declarando ao Rei Messias, “Você é Meu Filho“.


6 Eu, porém, ungi o meu Rei sobre o meu santo monte de Sião.

7 Proclamarei o decreto: o SENHOR me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei.

8 Pede-me, e eu te darei os gentios por herança, e os fins da terra por tua possessão.

9 Tu os esmigalharás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro.


As nações serão sujeitas ao SENHOR e ao seu ungido (o Mashiach); o poder do Mashiach por cima das nações será completo. Como o poder para quebrar um vaso da cerâmica, o Mashiach terá poder por cima das nações. Este contexto é importante para o leitor para entender a significação do 12o verso.

No 12o verso, lemos, (Nashaq) (Beijo) (Bar) (Filho) “Beija o Filho” (Bar que é a forma do Aramaico para Filho) algumas traduções decidiram ler a bar como var e nashaq como pureza em vez de beija, “ânsia da pureza“, porém isto é muito para forçar uma falsa interpretação literal. O seu argumento é que não há nenhuma espaço para uma palavra Aramaica nos Salmos, por isso, deve ser lido como var ao invés de bar. Doutor Michael Brown comenta sobre este conflito no volume 3, da sua série, “Respondendo Objeções Judaicas a Jesus”,

Abraham Ibn Ezra (1093), possivelmente os mais exatos dos comentaristas judeus medievais e um homem sem compaixão por interpretações cristãs do Tanach, entendeu que bar significa “filho‘ com referência a Provérbios 31:2.

Outros eruditos um pouco judaicos tradicionais e alguns não – também interpretaram o texto em termos semelhantes, inclusive A.B. Ehrlich, A. Sh. O Hartom (no seu comentário de Salmos regularmente tradicional, onde “filho” é mencionado como uma possibilidade para bar).

Aqui é também uma interpretação mística interessante que contamos no Zohar que compara a bar com o filho de D’us:

“você é o bom pastor: de você é dito, “Beija o filho” Você é grande aqui na terra, o Mestre de Israel, o Senhor dos anjos ao seu serviço, o filho do Altíssimo, o filho do Santo, pode O seu nome ser louvado como O seu Espírito Santo [Shekhinah].


http://www.truthnet.org/TheMessiah/12_Messiah_Objections_Psalms_2_22/#_ftn4

Shalom Ha Tikvah

Tradução: Elysilva

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s